Demurrage de US$ 257 mil!

Recentemente, o portal Portos & Navios publicou mais uma matéria sobre a desconexão que existe entre o mínimo da razoabilidade jurídico-fiscal e o “Mundo de Nárnia” das cobranças de demurrage no Brasil.

Segundo a reportagem, um acordo judicial decorrente da condenação de um importador catarinense pelo TJSC ficou estabelecido em US$ 257 mil.

Caso o acordo não fosse firmado, o prejuízo seria ainda maior, uma vez que a decisão em primeira instância havia sido fixada em US$ 197 mil, em maio de 2018. O importador ainda pagou mais US$ 33 mil aos advogados do credor.

Detalhe: o valor da carga era de US$ 78 mil e do frete, US$ 6 mil!

Despachantes, comissárias e transitários: sempre que sua empresa ou seu cliente sofrer uma punição indevida dessa natureza, nossos times Técnico-Jurídico e GLI (Global Law Intelligence) estão à disposição para oferecer assistência imediata.